E que se vá.

Deixo.
Eu deixo passar.
Deixo que o vento carregue para longe,
que o tempo leve, que a vida se encarregue- de fazer todas as coisas se colocarem no lugar.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


2 comentários:

  1. E não é o vento o senhor das promessas? E o amanhã, o senhor das escolhas? O coração, um sábio silente? Ao deixar (se) partir, menina cresceu.

    ResponderExcluir
  2. Que seja assim! Deixe ir... Let it go.

    ResponderExcluir

Materialize- se....