'deixo a vida me levar'

A vida vive me dizendo pra eu me apressar, me dizendo pra não perder a hora, pra não me atrasar. É que ela não sabe esperar. E às vezes ela aperta o passo, corre meio descompassada e eu tenho que acompanhar. Como eu já disse, ela não sabe ficar parada. Nem ela, nem eu.
Ela precisa manter o movimento, acompanhar a dança, precisa ir. Ir indo. Sem hora de chegar, ás vezes sem destino. Indo, como verbo intransitivo.
E eu sei que às vezes eu perco o passo, me atraso, fico de lado, mas quando ela me cobra eu acelero, abro um sorriso largo e vou correndo lhe encontrar.
É que eu não quero perder nem um minuto de vida. Quero deixar a vida seguir e seguindo junto com ela. Lado a lado.


E é assim que tudo segue. A vida. E eu.


3 comentários:

  1. Ese encuentro augura hermosas sensaciones.
    si te gusta la poesía te invito a mi nuevo espacio.
    feliz fin de semana.

    ResponderExcluir
  2. Adorei o "verbo intransitivo"!

    Beijo, beijo.

    ResponderExcluir

Materialize- se....