Não cabe em mim

Tenho tentado controlar toda essa minha ânsia de viver. Não cabe numa vida só. Não cabe em mim. De repente me vejo pequena dentro do meu corpo.
Meu coração, minha alma, minha vontade de viver transbordam. Eu não consigo traduzir. Não sei explicar. É uma sensação que não consigo decifrar.
Me sinto aprisionada em meu corpo. Sem espaço. Sem ação.
Limitada dentro dessas linhas que me contornam.
Estou precisando me libertar. Precisando ser mais.
Querendo mais.
Querendo destilar toda essa minha vontade de viver.
De fazer valer.
Querendo libertar as emoções, as sensações, tudo isso que não cabe em mim. Querendo dizer à vida que 'eu estou aqui'.
Preciso me abandonar. Abandonar esse corpo que já não cabe em mim e libertar esse meu anseio de viver. Vou procurar um corpo que me caiba, eu e esses meus sentimentos que já não sei onde colocar, um corpo que caiba minha alma e todas minhas vontades.
Preciso de novos limites. Aliás quero não ter limites. Pertencer ao mundo, à vida. Despertencer de mim.
Há muita vida para viver e eu preciso dar conta de tudo isso, preciso conter tudo isso, essa vontade de ver, viver, e ser feliz. Que já não cabe em mim. 

Um comentário:

  1. Tem selinho pra vc no meu Blog (:

    Beijoos!!

    http://momentosdapathy.blogspot.com/2011/06/200-seguidores.html

    ResponderExcluir

Materialize- se....